COMO CORRIGIR E PREVENIR AS FISSURAS? – Vizia Engenharia

COMO CORRIGIR E PREVENIR AS FISSURAS?

5 PONTOS IMPORTANTES PARA O GERENCIAMENTO DE OBRA
22 de novembro de 2017
COMO EVITAR O DESPERDÍCIO EM OBRAS?
11 de dezembro de 2017
Show all

COMO CORRIGIR E PREVENIR AS FISSURAS?

Trinca e rachadura são os nomes mais populares. Mas os engenheiros dizem que o correto é chamar de fissura aquela “cicatriz” que eventualmente brota em nossas casas. Quando deparar com uma, saiba que você está diante de um sinal de alerta. “Assim como a febre é um sintoma de infecção, a fissura indica que alguma coisa está errada na edificação”, diz o engenheiro e perito paulista Roberto Massaru Watanabe. A marca pode ser superficial e, portanto, inofensiva – quando atinge a massa corrida ou a pintura. Ou então perigosa, chegando a comprometer a estabilidade da construção – quando afeta a alvenaria e, sobretudo, elementos estruturais: pilar, viga ou laje. Por isso, nem pense em fazer um diagnóstico. A Vizia Engenharia é capaz de determinar as causas e apontar as soluções, com uma vistoria minuciosa, já que uma série de motivos pode originar essas fissuras. Confira a seguir os causas mais comuns.

MUDANÇA BRUSCA DE TEMPERATURA: OS MATERIAIS AUMENTAM E DIMINUEM DE TAMANHO EM FUNÇÃO DA VARIAÇÃO DA TEMPERATURA. LOGO, SUPERFÍCIES EXPOSTAS TORNAM-SE MAIS SUSCETÍVEIS. AS LAJES DE COBERTURA SEM PROTEÇÃO TÉRMICA SÃO AS PRINCIPAIS VÍTIMAS. O ISOLAMENTO TÉRMICO PODE SER OBTIDO COM A INSTALAÇÃO DE UMA MANTA, COM A APLICAÇÃO DE ARGILA EXPANDIDA OU COM A CONSTRUÇÃO DE UM TELHADO COM “COLCHÃO DE AR” – CANAL DE AR CIRCULANTE – ENTRE AS TELHAS E O FORRO.

VARIAÇÃO HIDROSCÓPICA: SUPERFÍCIES EXPOSTAS A PERÍODOS SECOS E ÚMIDOS TAMBÉM SÃO ALVO, JÁ QUE ESTÃO EM CONSTANTE RETRAÇÃO E DILATAÇÃO. O PARAPEITO DA JANELA CONHECE BEM ESSE MAL.

PROXIMIDADE ENTRE DOIS MATERIAIS DISTINTOS: POR APRESENTAREM COEFICIENTES DE DILATAÇÃO DIFERENTES, DOIS MATERIAIS PODEM SE SEPARAR QUANDO LIGADOS. UM BOM EXEMPLO É A PAREDE DE ALVENARIA ENCOSTADA NUMA DE CONCRETO. CONFORME VARIA A TEMPERATURA, CADA UMA REAGE À SUA MANEIRA, GERANDO FISSURAS QUE PODERIAM SER EVITADAS SE EXISTISSE UMA JUNTA DE DILATAÇÃO.

EXECUÇÃO MALFEITA DE REBOCO: SE O PEDREIRO USA MENOS MATERIAL DO QUE DEVERIA, ATENÇÃO, ELE ESTÁ PROPICIANDO O APARECIMENTO DE FISSURAS. JÁ A DESEMPENADEIRA SÓ DEVE ENTRAR EM AÇÃO QUANDO A MASSA ATINGIR O “PONTO EM ABERTO” – QUANDO AINDA ESTÁ ÚMIDA, MAS NÃO ENCHARCADA. TANTO O RECONHECIMENTO DESSE MOMENTO QUANTO O CORRETO PREPARO DA MASSA DEPENDEM DA HABILIDADE DA MÃO-DE-OBRA.

SOBRECARGA: QUANDO O PESO DA CONSTRUÇÃO É SUPERIOR À RESISTÊNCIA DE SUAS BASES, OS COMPONENTES ESTRUTURAIS DÃO SINAL DE ALERTA. OS PONTOS ONDE A MADEIRA DO TELHADO SE APOIA NA ALVENARIA DENUNCIAM O EXCESSO DE PESO E COSTUMAM ACUMULAR FISSURAS. PARA EVITAR ISSO, CONTE O TRABALHO DE GESTÃO DE PROJETOS DA VIZIA ENGENHARIA.

RECALQUE NA FUNDAÇÃO: SE A BASE DA CONSTRUÇÃO FOR MAL DIMENSIONADA, PODE AFUNDAR NA TERRA. A SONDAGEM DO SOLO, ALIADA À ATUAÇÃO DE UM ENGENHEIRO ESPECIALIZADO EM FUNDAÇÕES, É FUNDAMENTAL PARA FUGIR DESSE TIPO DE ERRO.

Detectou algum problema em sua casa, ou está começando um projeto é que ele saia correto do início ao fim, sem sustos?

Solicite um orçamento: (19) 99771-5665 | 99839-7471 | marcio@viziaengenharia.com.br | www.viziaengenharia.com.br

Fonte: https://goo.gl/Jj0Dhb

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *